terça-feira, 30 de agosto de 2011

Criança obesa = Adulto doente

De acordo com a Organização Mundial da Saúde, a obesidade infantil aumentou de 10 a 40% nos dos países europeus nos últimos 10 anos. No Brasil, a obesidade infantil também é preocupante e estudos demonstraram que esse mal, atinge diferentes classes econômicas, estando mais presente nas classes mais altas.

Estudos comprovaram também que a obesidade ocorre com maior frequência no primeiro ano de vida, dos 5 aos 6 anos e durante a adolescência. Dessa maneira, cuidar da alimentação nos primeiros anos de vida e na adolescência é fundamental para a prevenção de várias doenças no decorrer da vida.

O aumento da gordura corporal total, juntamente com o aumento da gordura na região do tronco e abdominal e o excesso de gordura visceral está associado a um maior risco para doenças crônico-degenerativas. Já o aumento do colesterol, associa-se a um maior risco para desenvolvimento de doença cardíaca.
Assim, percebemos que a obesidade quando iniciada na infância, está relacionada a varias complicações, como também a uma maior taxa de mortalidade.

REFLEXÃO

        A obesidade afeta a saúde, a imagem corporal e o psicológico infantil. Crianças obesas podem sofrer transtornos alimentares, enfrentam exclusão social, preconceitos e o pior de tudo, estarão condenadas a passarem o resto da vida dependentes de medicações para o controle das diversas doenças associadas à obesidade.
        Pense na saúde de seu filho! Tenha bons hábitos alimentares e ensine a eles, essa prática.


E você, o que achou desta postagem? Deixe um comentário com possíveis sugestões para o blog. Acompanhe as novidades assinando o feed. Seja um seguidor do blog e curta nossa Fan Page. 

0 comentários:

Postar um comentário

Seja o primeiro a comentar!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
Fique sempre atualizado!
Receba artigos por email!
Widget by MundoBlogger Instale este widget